quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Anamorfose Cronotópica

Anamorfose cronotópica é um termo que significa basicamente inserir tempo na imagem. (Anamorfose: grego - anamorfosis - reformação, nova forma; Crono - cronus - tempo).

Existem dimensões possíveis na imagem:
A primeira dimensão é aquela representada por uma linha, por exemplo;
A segunda dimensão é representada por um plano;
A terceira dimensão é o volume;
E a quarta dimensão da imagem seria justamente registrar a passagem do tempo nela.

Acontece que, para registrar a passagem de tempo em uma imagem, ela acaba sofrendo algumas distorções. Quem nunca tirou foto dos carros em movimento a noite para registrar aqueles rastros vermelhos e amarelos? O que antes era considerado um defeito da fotografia, hoje é explorado como recurso estético.

Hoje não né, vamos combinar que artistas já faziam isso bem antes com videos, quadros, etc.
Nu descendo a escada de Duchamp é um exemplo disso que estou falando - tentativa de registrar a passagem de tempo em uma imagem.

Tá! Onde eu quero chegar com isso?

Eu tenho um celular desses que tiram fotos, mas tadinho, já é um pouco velho. Por ele demorar alguns segundos para capturar a imagem a qual quero registrar, acaba provocando umas distorções, deixando tremido, sem foco, etc... Quando eu tiro fotos em movimento, os resultados são absurdamente interessantes!


Esta foto foi tirada no dia 17 de julho deste ano. O dia estava muito bonito e o ônibus teve que fazer um trajeto de emergência pela praia - perfeito!

Até a próxima!

2 comentários:

  1. Sinistro! Me divirto com essas fotos do seu celular. Realmente tava bonito esse dia na praia! =P

    ResponderExcluir
  2. Do inesperado surgem várias coisas bacanas neh?
    Mas meu celular nem tira foto T.T

    ResponderExcluir