sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Quero desenhar! Como começo?

Antes de tudo
Eu costumo dizer que "querer é meio caminho andado para conseguir". Então, se você quer desenhar, vença a próxima etapa: a que te leva ao objetivo. Há vários caminhos para se começar a desenhar, cada pessoa desenvolve o próprio método de aprendizagem, não é algo que se possa estabelecer como receita de bolo.

Há nas bancas uma infinidade de apostilas de desenhos.

Como sempre, vou deixar claro que as dicas que adiciono no Cappuccino são frutos da minha maneira de resolver determinadas situações, sobretudo baseada em minhas próprias experimentações a partir de leituras, pesquisas, análises, vivência, etc, sobre determinado assunto.

Outra coisa
Não fique comparando o seu trabalho com o de um Mike Deodato da vida... Pode até tê-lo como uma de suas referências, mas seu trabalho deve ser comparado primeiramente ao seu antes e seu depois. Se você está melhor do que antes, ótimo!

Um exemplo do meu antes (esquerda), em 2010, e depois (direita), 2012.

Como começo?
Como começar eu não sei, pois não me lembro como comecei... foi há tanto tempo! Mas elaborei um roteiro de estudos e vou compartilhar com vocês aqui. Prontos? Peguem lápis e papel, ou mesa digitalizadora, que a labuta vai começar agorinha mesmo!

Etapa 1: Ritmo - Risque, rabisque e passe por cima!
Solte o braço! Desenhe retas horizontais, verticais, inclinadas, da esquerda para a direita, da direita para a esquerda; curvas, círculos, triângulos; formas geométricas, formas orgânicas. Gaste pelo menos meia hora do seu dia fazendo um aquecimento desse tipo... Ah! Nada de réguas ou segurar Shift nessas horas, ok? Se as retas não ficarem retas, não há problema! Com o tempo isso melhora.

Sobre o "passar por cima" eu me refiro a pegar um desenho pronto de alguém e colocar um papel vegetal ou criar uma layer por cima e copiar. Lembra na escola, quando você estava aprendendo o alfabeto e passava por cima de letras pontilhadas? É mais ou menos isso. E, ainda usando o exemplo das letras, escolha estilos de desenhos variados, afinal de contas ninguém quer passar o resto da vida escrevendo só a letra A ou B.

Isso aqui é o quero dizer com "Passar por cima"

Pegue um personagem de Dragon Ball Z, com linhas mais marcadas e formas pontiagudas para desenhar num dia, no outro dia você desenha personagens da Turma da Mônica, que são mais redondos... e vai alternando para aquecer mesmo. E não invente upar o resultado disso num portfólio, já que você não consegue ainda desenhar um personagem desses sozinho. Lembre-se: Você está passando por cima!

Etapa 2: Exercício - Observe, construa e desconstrua!
Esta próxima etapa fez muita diferença no meu antes e depois. Passei pelo Desenho de Observação quando entrei na UFES, porque é matéria obrigatória do primeiro período. Aqui aprendemos a observar as coisas e reproduzi-las no papel usando grafite (de lápis ou lapiseira) de diferentes graduações: HB, 2B, 3B, 4B, e por aí vai.

Graduações de grafite

Primeiramente o estudo é feito desenhando o objeto e colocando nele a sensação de volume, ou seja, as passagens de luz e sombra. Isso pode ser feito não só com objetos, mas estudos de anatomia desenhando modelos vivos, ou reproduzindo fotografias.

Fiz este estudo usando lápis de cor azul aquarelável

Will Eisner disse que para se desenhar uma porta, é preciso entender como a porta funciona, independente se o estilo do desenho for realista ou exagerado humoristicamente. No caso dos objetos desenhados, ele diz que "o leitor sabe como devem funcionar e reagirá de modo negativo se você errar.". - Tirei a informação do livro Quadrinhos e Arte Sequencialeditora Martins Fontes.

Então, vamos estudar como construir para saber desconstruir.

Etapa 3: Treino - Crie, desenhe, mostre, estude, refaça!
Talvez a mais difícil das 3 etapas seja esta última, porque não dependemos só de nós mesmos para avaliarmos o quanto progredimos. Precisamos da opinião dos outros! Daqueles que entendem do assunto e podem criticar o nosso trabalho justificando a crítica (e acredito que fazer diferenciação entre "construtiva" e "destrutiva" seja desculpa de noobie - crítica é crítica e ponto).

Se receber um "nossa, ficou muito bom!", pergunte por quê. Se receber um "Ficou ruim!", pergunte por quê. A pessoa que disse que aprendemos com os erros está certa, mas também podemos aprender com os acertos se eles nos forem apontados.

Não desanime com um "essa perna que você desenhou está desproporcional." - pesquise anatomia da coisa que você desenhou, estude aquilo, volte para o desenho de observação, aprenda a estrutura de uma perna (ossada, musculatura, articulações), desenhe muitas pernas, refaça seu desenho, mostre novamente... e repita o ciclo quantas vezes for preciso. Afinal, você quer ser bom, não quer?

Crie um blog, uma galeria no deviantArt, um álbum no Facebook para que seus conhecidos possam ver e criticar seu trabalho. Mas vamos combinar que opinião de mãe e de melhor amigo não conta, tá? Eles costumam roubar a seu favor!

Fiquem a vontade para me mandar links com o resultado. Gostaria muito de visualizar o processo! Caso o trabalho seja upado no Facebook, por favor deixe o álbum aberto para que eu possa ver, porque eu não tenho perfil lá. XD

Bom trabalho e até a próxima! o/

14 comentários:

  1. Isso ai Nanee!! Muita gente tem duvidas...e essas sempre existirão até mesmo pra quem já sabe muito tenho certeza..o estudo e a pesquisa devem continuar para não parar no tempo. Comprei um livro hoje..se chama "Na ponta do Lapis" de J. Lima da fabrica de desenhos... você conhece??? Se não conhecer quando chegar eu te digo o que achei, e se conhecer me diga o que acha. Deixo aqui meu link no face http://www.facebook.com/media/set/?set=a.288472644516932.74628.100000625978553&type=3 la tem alguns antigos uqe tenho até vontade de apagar ...kk mas é bom deixar pra notar a evolução! Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza! Até quem sabe fazer precisa treinar constantemente, não só quem trabalha com desenho, mas qualquer profissão. Pega futebol por exemplo, se o jogador não treina, o time afunda!

      Sei quem é o J. Lima, ele trabalhou no filme A Princesa e o Sapo da Disney e, se não me engano, é o dono da editora (Fabrica de desenhos) né? Ainda não vi nem folheei esse livro. Aguardo seus comentários.

      Só consegui ver com a ajuda da Suco chan, que compartilhou tela do Facebook dela comigo. Alguns desenhos eu já conhecia do Deviantart. Ficarei devendo os comentários, pois não tenho Facebook... mas gostei de muita coisa que vi lá! =D

      Excluir
    2. Exatamente isso... não só médicos e advogados precisam de estudos pra vida toda (infelizmente algumas pessoas pensam assim)...isso é valido pra toda profissao mesmo!
      Obrigada Nane..estou estudando pra melhorar...por isso sempre passo aqui, seu conteúdo é super interessante... falei sobre o livro então, assim que eu avaliar!

      Excluir
    3. Ok! Vou esperar pelas novidades.

      Excluir
  2. Valeu pelas dicas! Eu sempre gostei de desenhar, desde quando era bem pequeno, tipo com uns 7 anos eu fazia muitos desenhos por cima do original e depois no olhômetro, com o tempo aprendi a observar pessoas, paisagens, objetos e meus desenhos melhoraram muito. A cada tipo de personagem que tento desenhar, seja um cartoon, personagem de mangá ou Hq noto que me dá mais facilidade para criar personagens ou desenhos do zero, sem ter referencia alguma. Desenho apenas para passar o tempo, mas tenho um perfil no Deviantart, caso queiram criticar: http://heitorm.deviantart.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Heitor!
      Também passava por cima e depois copiava olhando. Meus desenhos de 2002 são grande parte cópias das figurinhas dum álbum de Dragon Ball Z. Era febre na época! Eu não colecionava, mas ganhava algumas repetidas dos meus amigos da escola e guardava como referência.

      Dei uma olhada no seu perfil do Deviantart e tem desenhos bem legais upados lá. Como você disse que desenha para passar tempo, devo encarar com passatempo mesmo? Diversão? Ou pretende viver disso um dia, quem sabe? Vou comentar os desenhos depois! =D

      Excluir
  3. Nossa, amei esse roteiro de estudos!! *-*
    Na maioria das vezes, pulamos uma etapa, pq queremos aprender logo ou desistimos, pq achamos impossível desenhar um circulo redondo. Mas é assim mesmo. Treino, treino, treino... E MUITA PACIÊNCIA!
    Eu tinha um vício terrível de copiar desenhos na folha vegetal e depois dizer q tinha feito por conta própria. Mas se quero aprender a desenhar mesmo, tem q ser no meu estilo. Copiar pode ajudar na hora de treinar, mas quando for pra valer, é vc e seu papel =)
    Ah, e comecei minhas aulas de desenho observacional. Tô beeeeem longe de aprender a desenhar de verdade ;----;

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Ah, e comecei minhas aulas de desenho observacional. Tô beeeeem longe de aprender a desenhar de verdade ;----;" - Muito pelo contrário! Você já está aprendendo! Quanto mais vc caminha, menor a distância fica. Pense nisso. E pense também que essa distância é vc quem determina, então não reclame! Hahahahahaha

      Mas você gosta disso e pretende trabalhar com desenho, né? Então, seu esforço precisa ser dobrado porque o mercado, como sabemos bem, é concorrido de cheio de panelinhas! ;)

      Excluir
  4. Nane, desde já fico muito feliz com esse seu post. Acho que as vezes o que falta em muitos é estimulo de como começar "que é meu caso", acho que algo que mais me arrependo é de ter parado de rabiscar, mas ainda há tempo.
    Fui mais ousado que parece, não desenhei um xiao xiao, nem bob esponja, fiz o "rosto" de um personagem Shojo "orientado por videos de Mark Crilley" enfim, saiu melhor do que eu esperava, acredite, muito melhor mesmo, mas percebi o quanto tenho que estudar e o quanto eu tenho vontade de aprender sobre tudo, posições, corpo, cabeça, cabelo que por sinal sou expert no estilo "Cebolinha". E essa chama reascendeu com as dificuldades, eu atualmente estou montando uma empresa com uns amigos de camisas personalizadas, estilo "threadless" e querer me expressar, expressar as ideias em desenhos pra camisas é o que anda me motivando, atualmente quem desenha é um dos meus sócios, mas estou no estudo pra poder ajudar e poder expressar minhas ideias em desenhos também. Muito obrigado pelo post, acredite, foi de grande ajuda e a partir de hoje nada de preguiça, estudar sempre.
    Att, Robert Amorim desenhista profissional de Xiao Xiao. Vulgo Seuoti

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz por ter ajudado de alguma forma. Espero que mantenha seus estudos e pratique bastante, se é isso que quer. Sucesso pra você e seus amigos nesta empreitada!

      Excluir
  5. Boas dicas! (E ficou bem formulado o teu texto!) - Com certeza, vai ser de grande ajuda pra muita gente! (Quem me dera eu, ter a mesma didática!) XD




    ResponderExcluir
  6. Excelente iniciativa! Como sempre, parabéns!XD

    ResponderExcluir